4 raízes que você come menos do que deveria (e como resolver isso!)

Com exceção da batata e da cenoura, raramente comemos raízes que podem fazer muito bem ao nosso corpo. Neste post, vamos explicar os benefícios de algumas delas e onde você consegue encontrá-las:

Inhame rainha!

O inhame é uma fonte de carboidratos importante, mas devido a sua quantidade significativa de fibras, ele não eleva as taxas de glicemia do corpo, sendo vantajoso para quem busca uma reeducação alimentar.

Tem inhame aqui!

Batata-doce do emagrecimento

Por ser rica em fibras, ela é considerada um alimento com médio índice glicêmico, ou seja, aumenta gradualmente a glicemia. Dessa forma os carboidratos são digeridos mais lentamente, fornecendo energia ao organismo aos poucos, evitando picos na produção de insulina. Isso auxilia na perda de peso: uma vez que esses picos de insulina estimulam o organismo a estocar gordura localizada.

Tem batata-doce aqui!

Cará: Xô, radicais livres!

Devido a suas propriedades antioxidantes, mais um dos benefícios do cará é o combate aos radicais livres, o que pode ser ótimo para a prevenção do câncer. Além disso, o cará apresenta selênio e iodo em sua composição, que também são substâncias importantes no combate ao câncer.

Tem cará aqui!

Mandioquinha maromba!

Aquele aporte de fibras, associado a um índice generoso de carboidrato, fez a mandioquinha cair no gosto de muita gente que puxa ferro, acabando com o monopólio da batata-doce.

Tem mandioquinha aqui!

Não tem mais desculpas para não comer bem, né?

E só entrar em www.vya.com.br e se alimentar com consciência! ;)