worldpackers

já indiquei o worldpackers pra todos os meus amigos e a minha aprensentação do site é tipo um rito de passagem pra todo mundo que vem aqui em casa.

o que é
esta plataforma foi criada por dois amigos, riq lima e eric faria, que começaram a trocar suas habilidades por hospedagens durante uma viagem pelos estados unidos. e essa é a proposta desta plataforma: conectar viajantes dispostos a trocar algumas horas semanais (geralmente 24h) por hospedagem e donos de hostels¹ incríveis pelo mundo todo. alguns deles oferecem alimentação e lavanderia também.

custos
o worldpackers é gratuito para se inscrever e conversar com outros viajantes e também com donos de hostels, só é cobrada uma taxa, que varia entre 0 e 100 dólares americanos, dependendo do hostel, quando você confirma a estadia. é possível conseguir um desconto de US$50 a cada 20 pessoas (amigos, outros viajantes ou donos de hostel) que confirmem as suas habilidades no site. não estão inclusas nessa taxa: passagens aéreas ou terrestres, seguro de viagem e vistos.

passo-a-passo & dicas
já tá com vontade de pegar uma mochila e sair por esse mundão? é fácil:

  • entre no site do worldpackers, nesse link, e você já ganha US$10 em créditos de viagem;
  • agora a maior parte do site do worldpackers está em português também!
  • clique em sign up as a traveler;
  • inscreva-se com o facebook (dá pra ser com o email também, mas é melhor com o facebook, porque dá mais credibilidade pro seu perfil e mais certeza pro host² de que você não é um perfil falso);
  • faça o upload de uma foto de perfil boa: uma em que aparece seu rosto de frente, com boa iluminação (eles tem um guia pra fotos boas, é só seguir as dicas);
  • preencha TODO o seu perfil, com informações verdadeiras e coerentes (se você não quer limpar banheiro, não coloque cleaning como uma habilidade, por exemplo);

as habilidades

  • se você não fala outra língua, não a coloque no seu perfil, porque se você for pra um hostel que precisa de alguém que saiba aquela língua, você só vai passar vergonha e prejudicar o dono de hostel que confiou em você;
  • agora o worldpackers permite acrescentar quantas línguas você quiser, antes o máximo era 3;
  • na página de cada hostel, são especificadas as línguas e o nível de fluência que eles esperam do viajante;
  • o site tem um inbox, então os hosts podem mandar mensagem pra você, se eles gostarem do seu perfil;
  • ao se inscrever, você tem acesso a um travel buddy (”parceiro de viagem”), que é um viajante de verdade com perfil verificado, que vai te ajudar e tirar suas dúvidas, durante todo o processo de cadastro, contato com os hosts e a viagem em si;
  • dá pra você ganhar uma graninha extra enquanto viaja se você se inscrever pra scout, vale pra qualquer pessoa que for passar mais de 2 meses em uma cidade. o objetivo é encontrar hostels que ainda não estão cadastrados e convencê-los a entrar pro worldpackers. é só clicar em become a scout e passar por um período de teste de 7 dias. daí você ganha US$20 por cada host que é aprovado pra se cadastrar e mais US$40 quando alguém confirma a primeira viagem pro hostel que você indicou;

minha experiência
estou cadastrada no worldpackers há uns 2 anos e eu ainda não viajei através dessa plataforma, porque estou cursando agroecologia na ufpr e, durante todos os períodos de férias, eu estava trabalhando ou tinha ido pra Santos ajudar meus pais. e, numa desses roles por lá, descobri o Zé Caramujo Hostel, que tá cadastrado no worldpackers, e fui lá pra tirar algumas dúvidas, e eles me contaram que tiverem uma ótima experiência com os viajantes que foram pra lá. mesmo não tendo viajado ainda, eu preenchi todo o meu perfil, 21 amigos confimaram minhas habilidades e mais de 10 hosts me mandaram mensagem perguntando se eu estava interessada em trocar minhas habilidades por hospedagem no hostel deles. cliquem aqui pra dar uma olhada no meu perfil e aqui pra confirmar minhas habilidades ❤

glossário
¹hostel = “é um tipo de acomodação que se caracteriza pelos preços convidativos e pela socialização dos hóspedes, onde cada convidado pode arrendar uma cama ou beliche, num dormitório partilhado, com casa de banho partilhada, lavandaria e por vezes cozinha. Os quartos podem ser misturados entre sexos, como divididos entre eles, incluindo igualmente quartos privados. Os hostels são geralmente baratos para os ocupantes onde se praticam preços intitulados de low-cost; muitos hostels têm residentes de longo termo acabando por trabalhar como recepcionistas temporariamente ou mesmo troca de acomodação gratuita.”

²host = anfitrião; gerente ou dono de hotel, hostel, pousada, etc.