Porque listas sempre chama a atenção

Chico Oliveira
Jan 5, 2017 · 5 min read

Quando pensei na minha primeira história em quadrinho, lá pelos idos de 1996 (tinha por volta de 10 anos) pensava em aventuras com milhares de personagens legais, afinal nessa época eu era viciado em Capitan Tsubasaa.K.a Super Campeões e criar aventuras de futebol lhe obriga a ter no mínimo 22 personagens. Certo? Errado!

O primeiro problema que sempre encontrava era a dificuldade de encaixar todos eles na história. Óbvio que eu gostaria que todos tivessem os seus dramas pessoas e momentos de superação, mas como fazer isso em tão poucas páginas? Na minha mente o anime estava lá, lindo, feito pela Mad House com 13 episódios por temporada e recebendo o titulo de anime do ano nos sites de streaming piratas. Mais quando chegava no papel…

É importante saber que existem várias pesquisas científicas que demonstram que a relação entre o que imaginamos e o que colocamos no papel, de fato, não está de modo algum ligada a nossa capacidade imaginativa (no nosso caso como quadrinistas), mas sim a prática. SIM! A prática é a nossa maior inimiga nesse período. A dura verdade é que quanto mais desenhamos, mais chances temos de conseguir o objetivo, seja ele qual for não é?.

Por isso, vou dividir com vocês algumas experiências em 3 dicas simples que vão ajudar bastante na hora de criar a sua primeira aventura. Porquê três? Porque hoje todos adoram listas com gif’s a lá Buzzfeed. Então…

1 ) Pense e desenhe designs simples.

One Piece — Source: http://im.ziffdavisinternational.com/ign_br/screenshot/default/onepiece_rjkm.jpg

Ichigo, Naruto, Goku, Ruffy, Gon e Saitama(design simples, personagens marcantes).

Eu sei que quando pensamos em criar um personagem todos queremos que ele seja #UltraMegaPowerDuperFodastico com de brinde com uma armadura brilhante+1. A verdade é que se pararmos para observar autores de sucesso como Sadamoto, Oda e Kuramada (muitos questionam esse, mas você duvida da grana que ele ganha com bonequinhos?) os designs são simples, o que ajuda muito mais na hora de se desenhar uma aventura. Seja humilde e pense em vc nessa hora, pois com muitas páginas a possibilidade de vc errar diversas vezes o design dele é muito maior. Além disso quanto mais próximo do real, melhor. Sabe aquela regra da vovô “menos é mais”? Então é dela mesmo que falo.

2 ) Quanto mais personagens sua HQ tiver, menos profundos e mais descartáveis eles serão.

Lucas e Jade, O Clone — Source: http://67.media.tumblr.com/tumblr_m9dlnkaAmN1reiyuko1_1280.jpg

Um erro comum de quem começa é sair criando personagens e tramas e dramas e dramas e tramas e dramas e #tradramas e #dratramas… Algo que faria inveja a muito escritor de novela das nove. A verdade é que quantos mais personagens você tiver na sua história, menos profunda ela será. Parece forçado, mas não é. No fim, você ira passar tanto tempo tentando mostrá-los e provando pro leitor o que faz algum sentido eles estarem ali que na verdade seu quadrinho será algo chato, enfadonho, cansado e entediante.

Em novelas da Globo, por exemplo, tem protagonista que termina a trama sem nem sequer conhecer todos os personagens dela…Vou dar um exemplo famoso: quatro das últimas novelas da autora Glória Perez (O Clone, América, Caminho das Índias e Salve Jorge). Seguiram a mesma linha… vários núcleos com vários personagens em cada. Sabe qual foi o resultado? Diversos capítulos em que personagens principais não apareciam e o pior; no fim da novela ela precisa de quatro ou mais capítulos apenas para dar um fim a todos, se não for o caso, ela simplesmente cria um casamento aleatório aqui ou uma festa ali e tá tudo bem. Trágico.

3 ) Por favor! Faça uma história que tenha um fim.

Artreiru e Falco, Historia sem Fim — Source: https://cinemaautopsy.files.wordpress.com/2013/04/never-ending-story.jpeg

Durante esses anos acompanhando aspirantes a quadrinista. Percebi uma coisa em todos. A maioria tem uma ideia errada de fazer HQs com milhares de partes e vários capítulos, sendo que ele nem mesmo como e quando fará isso. Conclusão? Não passa da primeira edição.

Esse é um erro de planejamento conhecido. Você tem uma vida: estuda, trabalha, namora, etc. Não pode ficar diante de uma mesa (ou computador) dias e dias trabalhando em uma história sem fim e sem ganhar nada (financeiramente falando). Os grandes quadrinistas ganham pra isso e ganham razoavelmente bem! Além disso, eles tem vários assistentes pra que possam cumprir os prazos absurdos e manter a linha narrativa do jeitinho que eles querem. Vou lhe contar um segredo entre parênteses… (ELES TB GANHAM PRA ISSO!)

Então crie uma história simples, umas 10 páginas, nada muito complexo e que mostre a sua evolução. Ninguém vai ler de fato uma história de milhares de capítulos em que sempre temos a sensação de que ela não está indo para lugar nenhum.

Concluindo e resumindo.

Vamos então revisar as dicas:

1. Pense em designs simples, pois você terá dificuldade para desenhá-las varias vezes

2. Muito personagens em uma história dificulta a trama, pois você vai perder tempo demais tentando explicar o que eles fazem ali e a mais importante

3 . Sua história TEM que ter um fim.

__

Gostou? Então me motive a fazer mais. Clica umas 50 vezes aê nas 👏!

Compartilhe e me siga nas suas redes socais: Twitter | Facebook | Instagram

Se você não tiver uma conta no Medium, é só fazer uma, super rapidinho, logando com o seu Twitter. Então você me segue e sempre que eu fizer um texto e/ou quadrinho novo você vai saber e receber estrelinhas do Tio Chico.

ZINEXT | Editora & Studio

Uma Mini Editora que publica #livros, #quadrinhos e #jogos da sua base em Fortaleza/BR.

Chico Oliveira

Written by

@apenasumchico | Designer + Illustrator + Freelancer

ZINEXT | Editora & Studio

Uma Mini Editora que publica #livros, #quadrinhos e #jogos da sua base em Fortaleza/BR.

Welcome to a place where words matter. On Medium, smart voices and original ideas take center stage - with no ads in sight. Watch
Follow all the topics you care about, and we’ll deliver the best stories for you to your homepage and inbox. Explore
Get unlimited access to the best stories on Medium — and support writers while you’re at it. Just $5/month. Upgrade