Do Django Girls SJC ao DjangoCon Europe [2]

Contei aqui como tudo começou, e esse é o segundo post do qual vou contar a minha jornada.


No final de semana passada — dia 12 de Março de 2016— participei do Django Girls Rio de Janeiro e desta vez como treinadora. Além disso, fui convidada pela Paula Grangeiro para apresentar uma palestra contando sobre toda essa minha experiência desde o evento em SJC. Foi emocionante! :')

Foi a primeira vez que contei isso em público e, claro, fiquei super nervosa com a apresentação. Como disse na palestra, eu acho que devemos aproveitar cada pequena oportunidade em nossa vida pois, assim como para mim, cada detalhe pode mudar completamente o rumo da vida. É gratificante participar dessa comunidade tão querida com pessoas incríveis. É gratificante também o retorno das pessoas, ver a alegria das participates. :) Queria muito agradecer a todas as meninas/meninos que reencontrei/conheci — aos treinadores Paula, Annanda, Rafaela, Darlene, Arruda, Thais, Paola, Rebeca, Victoria, Geisa, Bianca, Thaíssa, Vivian e Tomaz dos quais tive oportunidade de conversar um pouco mais e muitas participantes — e a todos os organizadores que tornaram este evento possível. Também deixar registrado aqui o que eu escrevi no meu facebook:

Esse foi um fds incrível! Fui treinadora do Django Girls Rio de Janeiro e falei um pouco da minha história — mesmo super nervosa! — desde a minha participação do Django Girls São José dos Campos e como uma pequena oportunidade de participar deste evento mudou completamente a minha vida! Conheci pessoas incríveis, pessoas que fazem as coisas acontecerem e que se empenham para que esse evento seja o mais inesquecível possível para cada uma das participantes! É inspirador o que vocês vem fazendo e fico muito feliz por ter conhecido cada um/uma de vocês! Vocês são um exemplo ❤ Só queria agradecer por me acolherem tão bem nesse mundo Python/Django! E que venham mais eventos para nos encontrarmos! ❤
Treinadores do Django Girls Rio de Janeiro — Por Annanda Sousa
Foto oficial do evento — Por Annanda Sousa

Além do Django Girls Rio de Janeiro, vou participar do Django Girls Budapeste também como treinadora. E claro, também vou compartilhar essa experiência. Hoje a organização do evento de Budapeste enviou um e-mail apresentando os nossos times. Lá, a separação dos grupos é feita antes do evento e a ideia é nos encontrarmos online para preparar as máquinas para o evento. Além disso, já tive a oportunidade de conhecer e poder trocar algumas mensagens com o meu time — a Eszter e a Judit. :) As duas são húngaras. Provavelmente nos encontraremos no skype/hangouts nos próximos dias.

Já comprei a passagem para ir ao evento e vou chegar em Praga na semana que vem. De lá vou para Budapeste antes do evento. A DjangoCon é separada em 3 "eventos". Django Girls, Conferência e Workshops/Sprints.

A conferência é composta por 3 dias de talks feita por muitos palestrantes internacionais. E os workshops/sprints serão 2 dias onde poderemos aprender como contribuir em projetos open source. Fiquei super curiosa para saber como isso funciona. E vou tentar compartilhar o máximo dessa experiência com todos. :)

Sobre as pessoas que também conseguiram a bolsa para a DjangoCon, algumas já se manifestaram no grupo que foi criado. Taiwan, Polônia, Ucrânia, Alemanha, Estados Unidos, Uganda são alguns dos países de onde os participantes são. Muitos deles estão em outros países estudando/trabalhando.


Na próxima semana começa a minha jornada a esse grande evento, que apesar de ser um pequeno passo, significa muito para mim. ❤