#Dia9 | A voz do entendimento

É mais do que saber.

Mais do aprender.

É revelar dentro de você. (parece estranho, mas é isso!)

É aquela frase clássica “Ah, não acredito que era isso? E eu aqui sem entender até agora!”.

Essa é a voz da descomplicação.

Da simplicidade.

Dos conceitos que tomam forma.

Ganham sentido.

Ganham voz.

Amplificam.

Vão mais longe.

Pode parecer com algumas das vozes que já falamos aqui, mas sem a voz do entendimento, não acontece a a voz do ajuste, muito menos a da relevância, a da resposta então? Nem pensar.

Sem entendimento não tem conexão e você não consegue a superação dos seus limites. Seguindo esse raciocínio, sem o entendimento você não tem a voz da realização e fica com a fome do coração sem saciar, no máximo o que pode ter é a voz do silêncio e da espera (que foi o nosso começo de todas essas reflexões. Aproveite e já clique nos links aí do texto para ler as outras.).

Entende? (trocadilho infame, rs!)

Sem a voz do entendimento, a clareza de todas as outras vozes não acontece e você volta sempre para o lugar onde tudo começou.

Sem entendimento, não tem avanço. Tem ativismo e tudo aquilo que você faz mecanicamente, sem importância e sem relevância.

Entenda aí. Ou pelo menos tente entender.

(Esse já será um excelente começo)

;]

One clap, two clap, three clap, forty?

By clapping more or less, you can signal to us which stories really stand out.