(Imagem: CBF)

1922: o Brasil não podia perder

Do juiz Norberto Ladrón aos juízes ladrões escalados pela CBD, o Sul-Americano de 1922 foi um espetáculo infeliz de desorganização, arbitragens polêmicas e adversários indignados. No centenário da sua Independência, o Brasil não aceitava ficar sem a Copa América

Puntero Izquierdo
May 27 · 10 min read
Cartaz da Exposição Internacional do Centenário da Independência.
Capa do Jornal da Manhã com a notícia do início do campeonato. (Imagem: Jornal da Manhã)
O Estádio de Laranjeiras recebeu os jogos do torneio Sul-Americano em 1922. (Imagem: Conmebol)
Heitor (Palestra Itália), o goleiro Marcos (Flu) e Amílcar (Corinthians) foram alguns dos jogadores campeões em 1922 que já haviam participado da primeira conquista, em 1919. (Imagem: CBF)
A notícia sobre a vitória brasileira. (Imagem: Jornal da Manhã)

Puntero Izquierdo

Causos de futebol