Um retrato vivo de 2 anos da Reaprendiz!

O que somos, como chegamos até aqui e para onde vamos?

Luis Sérgio Ferreira
Reaprendiz
Published in
31 min readFeb 28, 2022

--

Se você quiser pode ler esse retrato e comemorar nosso aniversário escutando nossa playlist 😁 Sinta-se à vontade para adicionar outras músicas 🕺

Há exatamente 1 ano atrás eu escrevia o primeiro retrato vivo da Reaprendiz, comemorando nosso primeiro aniversário.

Hoje, 1 ano após aquele retrato, a Reaprendiz continua mais vívida do que nunca, completando seus 2 aninhos, e novamente merece a continuação desse retrato vivo.

Eu não poderia ter escolhido um nome melhor pra essa série de textos: retratos vivos! Pois se existe algo que eu aprendi com a construção da Reaprendiz é sobre impermanência.

Impermanência é uma característica fundamental de organismos vivos. Basta olharmos pra natureza, para nossas histórias, relações, objetivos e caminhos. Nada permanece no mesmo status de como foi iniciado.

Uma parte essencial de concretizar nossos anseios e sonhos é abraçar a impermanência, abraçar as novidades e serendipidades que aparecem na caminhada.

Todo sonho é vítima da mudança.

Todo sonho se faz ao longo do caminho.

Todo sonho é vivo.

Não está sendo diferente o meu sonho com a Reaprendiz.

“Afinal, o que é esse projeto seu?”, “ainda não entendi, me explica melhor…”.

Foram várias as maneiras e tentativas de explicar “o que nós somos” enquanto projeto.

Mas após 2 anos eu compreendi nossa impermanência, complexidade e simplicidade.

A Reaprendiz? O Reaprendiz? Qual artigo usar? O que somos exatamente?

Somos complexos! Complexos porque somos subjetivos, inovadores e genéricos. Entender o que somos passa pela emoção, que por sua vez não pode ser facilmente decifrada e comunicada pela linguagem racional.

Mas somos simples. Simples porque ser um Reaprendiz é retornar ao natural, retornar às nossas raízes. Afinal, a natureza humana é curiosa, inconformada e anseia por pertencimento.

Estamos em busca de sobreviventes. Sobreviventes de um método industrial que quase matou nossa criatividade, aprendizagem e curiosidade. Sobreviventes de uma cultura moderna que replica crenças disfuncionais.

“Observe uma turma no primeiro ano da escola. Encontrará crianças curiosas e inquietas. Em seguida observe uma turma no último ano do ensino médio. Encontrará adolescentes paralisados, sem curiosidade” (Carl Sagan, astrofísico e escritor).

Se você se pergunta “afinal, o que é o Reaprendiz?”, eu te explico de maneira simples, conceitual e concreta:

O Reaprendiz é um movimento 👯‍♀️

Um movimento conectando pessoas curiosas e inconformadas.

Não deixamos que o sistema e a cultura vigente matasse nossa criatividade, aprendizagem e curiosidade.

Somos sobreviventes em busca de outros sobreviventes.

Para participar desse movimento basta se identificar como um reaprendiz e se tornar um ativista espalhando esses ideais. Pois por trás desse nome há mais do que pessoas. Atrás desse nome há uma ideia. E ideias são à prova de bala. Ideias são contagiosas.

Mas não precisamos fazer isso sozinhos.

Nosso propósito é se conectar e criar laços verdadeiros com outros reaprendizes espalhados pelo Brasil. Só assim, em comunidade, teremos apoio mútuo para viver um outro estilo de vida.

O Reaprendiz é um estilo de vida 🕵️‍♀️

Um estilo de vida guiado pela curiosidade e vontade de aprender.

Não são poucas as vezes que usamos nosso desejo de aprender para concretizar nossos objetivos, curar nossas dores e resolver os pepinos da vida.

Eu fiz isso aprendendo sobre negociação depois de um problema que tive com a autoescola. Fiz isso criando a Reaprendiz pra curar minha dor com a educação. A Fernanda fazendo um mochilão pelo Brasil pra descobrir suas paixões. A Ana Caroles se reposicionando no mercado de trabalho. A Iasmin pra aprender coreano. O Henrich pra aprender design…

Usamos o aprendizado como um super-poder na vida. Somos investigadores. Aprendizes da vida. Aprendizes ao longo da vida!

Mas não precisamos fazer isso sozinhos!

Nosso propósito é se conectar e criar laços verdadeiros com outros reaprendizes espalhados pelo Brasil. Só assim, em comunidade, teremos apoio mútuo para viver um esse estilo de vida.

Seja você um reaprendiz ou aspirante a reaprendiz, um sobrevivente ou alguém querendo ressuscitar, queremos te ajudar a seguir esse estilo de vida através de métodos concretos, científicos e humanizados. Por isso criamos um jogo de tabuleiro.

O Reaprendiz também são jogos cooperativos 🎲

Não uma, mas três experiências para dar estrutura, apoio e coragem para concretizar esse estilo de vida.

Experiências vividas entre dois jogadores, para realizar objetivos, curar dores, resolver pepinos e conhecer a si mesmo, através da aprendizagem.

Queremos te ajudar a impulsionar sua curiosidade, vontade e capacidade de aprender. Queremos te ajudar a desenvolver 5 habilidades que a escola deveria ter te ensinado.

Vamos te ajudar a lidar com os desafios mais comuns nessa jornada: falta de motivação e disciplina. Falta de clareza sobre como chegar onde queremos ir, ou se quer saber onde queremos chegar. Angústia ao ter que lidar com infinidade de possibilidades. Sentimento de solidão. E tantos outros…

Lidando com esses desafios através de uma estrutura gameficada, simples e barata. Inspirada em métodos de aprendizagem utilizados por instituições como Harvard, Stanford e iniciativas inovadoras no Reino Unido.

Um experiência de conexão ❤️, prática 🤚 e conteúdos 🧠 para encontrar sua própria forma de aprender, descobrir como chegar onde se quer ir ou descobrir onde se quer chegar.

Aprender não precisa ser um sacrifício, podemos fazer isso jogando. Você pode realizar seus objetivos e enfrentar seus maiores desafios enquanto se diverte e recebe apoio de amigos.

“Brincando todo mundo é criativo. Brincando todo mundo quer trazer a melhor versão de si. Brincando a gente não quer parar de jogar. Queremos sempre mais!” (Edgar Gouveia, transformador social).

Mas muitas vezes não temos os amigos certos para jogar esse jogo da curiosidade. Muitas vezes nos sentimentos solitários. Possivelmente até nos achamos “ETs”, vivendo em outro planeta. Como se as pessoas a nossa volta não compartilhassem do mesmo senso de propósito e energia que a gente.

Por isso criamos uma comunidade.

A Reaprendiz também é uma comunidade online 👩‍💻

Uma comunidade para jogar esse jogo, dar estrutura, apoio e coragem para concretizar esse estilo de vida.

Um lugar possível para ser, sentir e criar o que tem de mais verdadeiro vindo de nós. Um lugar para conhecer a si mesmo, encontrar novos amigos e cultivar conexões verdadeiras.

“Quem são as pessoas que vão proteger as chamas da sua vela quando os ventos fortes baterem?”, me perguntou Isadora, uma reaprendiz, certa vez.

“Ninguém encontra apenas em si a força necessária para bancar um modo de vida diferente”, complementou Tarik, outro reaprendiz.

“Motivos não faltam para considerarmos nossas ideias apenas “arroubos da juventude” ou um “sonho bobo”. Nos conformamos ao que a realidade tem a nos oferecer, as vias pelas quais “todo mundo” anda. Jogamos aquelas ideias e sentimentos no saco das impossibilidades desejáveis”, conclui Tarik.

Quando menos percebemos nossa vela está se apagando.

Por isso queremos te ajudar com os desafios das suas jornadas pessoais, profissionais ou sociais, através dos métodos concretos, científicos e humanizados que usamos para criar comunidades.

Mas não acreditamos em fórmulas. Acreditamos em estruturas que libertam. Nossa comunidade é um espaço intergeracional de liberdade e colaboração para não depender de gurus.

Por todos esses motivos pessoas de várias idades, sexos, gêneros e regiões se encontram semanalmente no Zoom para jogar esse jogo da curiosidade, viver práticas, estruturas e trocas libertadoras, e conversar a partir de conteúdos.

A Reaprendiz também é uma produtora de conteúdos 🤓

Criamos conteúdos em texto ✍️, áudio 🎧 e vídeo 📹 para incentivar e desenvolver esse estilo de vida, valores e 5 habilidades.

Essa é a maneira mais contagiosa e escalável de encontrar outros sobreviventes pelo Brasil e expandir nosso movimento e estilo de vida.

“A mescla de informalidade e formalidade. O Luis é autêntico, leve e descontraído, ao mesmo tempo profundo e responsável, citando fontes e autores”, essa foi a apreciação que recebi da Caroline Rocha, diretora da Roche (multinacional suíça no Brasil). Um feedback que sou muito feliz de ter recebido e vejo que define meus valores para criar conteúdo.

Semanalmente eu compartilho materiais, recursos e conteúdos gratuitos sobre 5 habilidades que a escola deveria ter te ensinado, educação do futuro e comunidades.

São esses 3 guarda-chuvas temáticos que deram início à pesquisa independente de um rapaz de 17 anos em 2018, eu mesmo, Luis Sérgio.

O Reaprendiz também sou eu 🙋‍♂️

Um porta-voz e mobilizador desse movimento, estilo de vida, jogo, comunidade e conteúdos.

Prazer! Eu sou o Luis, rsrs. Luis, o Reaprendiz. Mas também Luis, um reaprendiz.

Sou pesquisador, educador, designer de comunidades, facilitador de habilidades comportamentais e criador de conteúdo.

Decidi tornar a minha dor com o sistema educacional um projeto de vida. Pelo simples fato de eu acreditar que educação e aprendizagem são as ferramentas mais poderosas de transformação pessoal, profissional e social.

Por isso optei por não ir para a faculdade (pois não encontrei uma que atendia minhas curiosidades e vontades) e desde 2018 faço uma pesquisa independente (uma espécie de graduação livre) em habilidades comportamentais, educação do futuro e comunidades.

Meu propósito é incentivar outros jovens e adultos a serem aprendizes da vida e aprendizes ao longo da vida.

Como líder quero conectar pessoas que já compartilham desses interesses, valores e dores. Fortalecer e ser fortalecido. Quero apoiar de maneira inclusiva pessoas a desenvolverem sua curiosidade e capacidade de aprendizado.

Mas não preciso fazer isso sozinho! Por isso isso na Reaprendiz estamos criando as(os) Embaixadoras(es) do Reaprendiz.

A Reaprendiz também vai ser um time de embaixadores 👩‍🌾

Disseminadoras(es) locais desse movimento, estilo de vida, jogo, comunidade e conteúdos.

Uma floresta não é plantada por um único jardineiro. Após um grande desmatamento da individualidade, talentos e sonhos, precisamos reunir toda força possível para expandir nossa iniciativa.

Temos planos de criar formações e mentorias para outros jovens e adultos iniciarem suas próprias comunidades reaprendiz em suas escolas, faculdades, empresas e grupos.

Através dessas iniciativas locais teremos não apenas uma comunidade online conectando todo o Brasil, mas também pequenas comunidades presenciais espalhadas pelo Brasil. Uma espécie de “franquia reaprendiz”. Por que não?

Mas todo esse movimento nacional partindo do nosso empreendimento não está acontecendo sem apoio ou bases teóricas.

Se o Reaprendiz é um conceito, ele não está restrito a nós.

A Reaprendiz enquanto empreendimento oferece produtos e experiências concretas para seguir essa filosofia e lidar com os desafios do caminho. Mas já existem diversas iniciativas parceiras que compartilham dos mesmos valores e interesses.

Para citar algumas: Masters of Learning, Novi, ALC São Paulo, ALC Nature, Wish School, 42 Formas, Jardim Filosófico, Enrol Yourself, Caórdico Aprendizagem

Nem de longe é um movimento em que sou o único líder. Na verdade se quer sou o criador dos conceitos teóricos por trás desse movimento. Sou um pesquisador-comunicador, sistematizando e expandindo o trabalho que foi feito antes de mim, por outras(os) grandes pensadoras(es) e líderes.

Para citar alguns: Ken Robinson, Lúcia Helena Galvão, Blake Boles, bell hooks, Malcom Knowles, Conrado Scholohauer, Alex Bretas, Murilo Gun

Então em síntese, isso é a iniciativa Reaprendiz:

Se você se identifica como um(a) #reaprendiz, por favor compartilhe esse texto e nos ajude a alcançar mais pessoas. Mande para 3 amigos(as) especiais ou faça um post em suas redes sociais. Vamos propagar esse movimento. Seja um ativista, espalhe essa ideia!

Mas como chegamos até aqui?

Para entender como esse projeto está ganhando vida eu decidi anualmente, em todo mês de fevereiro, fazer uma grande atualização e retrato de como chegamos até aqui.

Esse mês estamos fazendo aniversário 🥳. 2 anos aninhos de Reaprendiz. Mais um ano que passamos por muitas experimentações, formatos e colaborações.

Nos agarramos em nosso propósito: “revolucionar a educação no Brasil e ressignificar o que é aprender, começando por nós mesmos”. Mas não nos agarramos de forma alguma nos “como” ou “o quê” ao longo da caminho.

Mais uma presenciamos várias datas e momentos marcantes nesse processo do florescer de uma comunidade, e quero te convidar para vir junto nessa retrospectiva! Topa?

▹ No dia 28 de janeiro tivemos o Portal de Entregas da Jornada Reaprendiz!

2021 se inicia já com muita preciosidade.

Cinco dos quatorze reaprendizes, escolheram compartilhar com o mundo em um evento aberto, seus aprendizados e criações que construíram ao longo do percurso.

Foi um evento lindo, com muita apreciação, celebração e aprendizados sendo transbordados.

Portal de entrega da Jornada Reaprendiz

▹ Ainda em Janeiro encerramos um ciclo muito importante no time de gestão e facilitação da Reaprendiz.

Maria Clara Lopes, ex-sócia da Reaprendiz, encerra suas atividades e responsabilidades com nosso projeto.

Com muita gratidão nos despedimos da Clara e celebramos toda a energia colocada por ela entre Agosto de 2020 e Janeiro de 2021.

Continuando eu (Luis) e Gustavo Lima no time.

Maria Clara Lopes (ex-sócia) / Gustavo Lima / Luis Sérgio Ferreira

▹ Em 15 de fevereiro de 2021 a 3ª Polinização acontece.

Reaprendizes de casa matando a saudade. Outros recém-chegados sendo recepcionados e entrando para a família.

Nosso ambiente intergeracional de aprendizagem livre em comunidade continuou à crescer. Muitos aprendizados e transformações florescendo a partir do ato de polinizar e construir coletivamente o conhecimento.

Abertura da 3ª Polinização / Quadro de ofertas e atividades da 3ª Polinização

▹ Em meados de fevereiro nasce o esboço do que viria a ser os Jogos da Reaprendiz. Antes concentrado em uma única experiência chamada “Mantra da Autodireção”.

A ideia do Mantra partiu da vontade de criar uma sistematização para facilitar o desenvolvimento da curiosidade, capacidade de aprender e 5 habilidades que a escola deveria ter nos ensinado.

Em outras palavras: eu queria criar um método escalável unindo toda minha pesquisa sobre aprendizagem e habilidades comportamentais.

As inspirações iniciais foram:

  • O livro Mantra da Produtividade do Dionatan Moura;
  • O curso 5 Habilidades do Futuro do Murilo Gun;
  • O baralho de cartas da Coglode;
  • O Desafio de Hábitos de Aprendizagem do Alex Bretas;
  • Os círculos de Working Out Loud de John Stepper;
  • E posteriormente o material de aprendizagem entre pares da Enrol Yourself;

Como eu aprendi com um dos meus mentores, Murilo Gun: “criatividade deveria ser chamada de combinatividade”. Ser criativo nada mais é do que dominar a arte de roubar como um artista (Austin Kleon).

▹ 8 março de 2021, tomamos uma decisão: daríamos uma pausa nas experiências pagas da comunidade (Polinizações e Jornadas) para focar no desenvolvimento interno e metodológico da Reaprendiz.

Sem deixar de cuidar da nossa comunidade. Porque cultivar comunidades é como cuidar de jardins. É preciso constância para sustentar relações.

Nosso objetivo seria formular e reformular a Reaprendiz em 9 sentidos:

  • Criar uma nova identidade visual;
  • Criar uma nova arquitetura para a comunidade, unindo tudo que havíamos aprendido até então sobre design de comunidades e experiências de aprendizagem autodirigida;
  • Criar um método escalável para aprender a aprender e desenvolver habilidades comportamentais (os atuais Jogos Reaprendiz 🎲);
  • Testar e aprender uma nova estratégia de vendas, usando a fórmula de lançamento;
  • Criar uma nova comunicação institucional para explicar de forma simples a Reaprendiz, com o propósito de tornar mais compreensível o que somos e fazemos, para se conectar com pessoas fora da nossa bolha;
  • Fazer pesquisas com as(os) reaprendizes e definir nossas personas;
  • Criar o hábito e consistência para produzir conteúdos no Instagram e Blog;
  • Criar ilustrações para uma apresentação institucional simples;
  • Criar o site da reaprendiz;
Notion do checklist de projetos da Reaprendiz para 2021

▹ Dia 20 de Março desenhamos um esboço do que seria a nova arquitetura da comunidade reaprendiz e uma nova possibilidade de comunicação institucional.

Esboço e comunicação que se transformaram ao longo dos meses, mas fazem parte do caminho para chegarmos onde estamos hoje.

▹ 23 de Março marca um momento muito especial para o time de gestão da Reaprendiz.

Ana Flávia Bernardes, uma reaprendiz da comunidade, aceita nosso convite para voluntariar e contribuir com o desenvolvimento do Instagram da Reaprendiz.

Assim iniciava um grande processo de aprendizagem, apoio e vulnerabilidade entre nós três. Eu (Luis), Gustavo e Ana.

Esse trio lindo 🥰

▹ Mas antes da pausa nas experiências, precisávamos concretizar uma vontade que surgiu com um educador que sou fã e amigo, Tarik Fraig: criar uma comunidade de aprendizagem livre focada no inglês. Sendo remunerados por isso.

  • Dia 30 de Março acontece a oficina gratuita Inglês Imersivo: como aprender inglês com autonomia e comunidades;
  • Há todo momento somos separadas(os) do nosso poder de aprender, do uso próprio da nossa inteligência. Uma vez separadas(os), sentimos que precisamos de fórmulas, de cursos, de métodos mirabolantes, de cada vez mais táticas para aprender cada vez menos coisas.
  • Nessa oficina queríamos que as pessoas experimentassem suas inteligências — o poder de criação — em comunidade! Não precisávamos carregar tantas tralhas pra aprender: bastava o nosso corpo, os nossos sentidos, a nossa curiosidade e algo em comum.
Oficina Inglês Imersivo: como aprender inglês com autonomia e comunidades, facilitador por Tarik Fraig e Luis Sérgio Ferreira

▹ Ao longo das reuniões para criar e gerir nossa comunidade de inglês criamos um ritual. Um belo dia, sem planejar, todos entramos semi-nus.

E assim começamos nossas reuniões livres, leves e soltas. Deitados no sofá. Tranquilos e felizes. Afinal, é brincando e sendo livre que se aprende a criar, hehe.

Muita liberdade para trabalhar e criar! #Pelados

▹ Após várias risadas e ideias, chegava 20 de Abril. O pontapé inicial do Reaprendiz English Pod.

Uma experiência de 8 semanas para testar um protótipo de comunidade para aprendizado de inglês.

Aprenderíamos inglês de maneira imersiva a partir daquilo que tivéssemos interesse. Uma experiência que misturaria diferentes níveis de inglês, básico, intermediário e avançado em uma única turma intergeracional.

Convite para a jornada / 1º encontro do Reaprendiz English Pod

▹ 10 de Maio fizemos a Intra-polinização. Uma estrutura mais enxuta e simples para facilitar um festival de pedidos e ofertas de aprendizagem. Exclusiva e gratuita para quem já estava na comunidade reaprendiz.

  • Segunda-feira intencionamos o que gostaríamos de fazer e criar ao longo da semana;
  • Ao longo da semana criamos, compartilhamos e conectamos em comunidade diversos aprendizados;
  • Sexta-feira refletimos, celebramos e apreciamos o nosso desenvolvimento

Uma vez que a cultura da aprendizagem ágil e autodirigida já estava incorporada, a comunidade aprendeu a se auto-organizar com mais leveza e fluidez.

Intra-polinização, experiência enxuta e exclusiva para membros da Reaprendiz

▹ Em Maio eu e Gustavo seguíamos com o ritual criado nas reuniões da gestão do English Pod: reuniões livres, leves e soltas, despojados e confortáveis para trabalhar e criar.

Luis Sérgio e Gustavo em suas garagens criando o que será uma grande startup de educação

▹ 28 de Maio acontecia a 1ª Sexta da Tilápia.

Na Reaprendiz entendemos que um dos elementos essenciais para potencializar nossa capacidade de aprender é compartilhar.

Consumimos 1001 cursos, ebooks, livros, vídeos, textos, posts… E no meio desse consumo excessivo, quando paramos para processá-los?

Já parou pra pensar que talvez você não esteja assando os peixes que você pesca?

  • 🎣 Pescar: Buscar informações, fazer curadoria, guardar para si
  • 🍲 Cozinhar: Extrair sentido, refletir, colocar em prática, adicionar valor (seu tempero!)
  • 👫 Jantar com amigos: Compartilhar com o mundo, receber feedbacks, novas referências, criar relações, criar novas oportunidades pessoais e profissionais

Assim nasceu a Sexta da Tilápia. Toda sexta às 18h30, aconteceria uma live no Instagram com o Luis e Gustavo compartilhando seus aprendizados sobre uma das 5 habilidades.

Durante 2 meses seguidos compartilhamos aprendizados sobre educação e habilidades comportamentais em lives no Instagram

▹ No dia 1º de Junho mais rabiscos, ideias e esboços do que seria nosso método escalável.

Esboços e mais esboços!

▹ O mês de Junho marca o início do nosso compromisso com a criação de conteúdo.

No Instagram foram mais de 150 posts, e no blog/newsletter mais de 25 textos publicados ao longo de 2021!

▹ 8 de Junho nasce o Círculo de Comunicadores da Reaprendiz.

Só assim, com o apoio do nosso novo time de voluntário na Reaprendiz, que esses 150 posts foram possíveis.

  • Nós precisávamos de energizadores-investigadores nas áreas de comunicação e marketing. Isto é, pessoas que iniciantes ou ignorantes nessas áreas, mas com disposição de aprender, para trabalhar na Reaprendiz.
  • Elas(es) iriam energizar um desses papéis (cargos), trabalhando enquanto aprendiam sobre eles.
  • Um ambiente de experiência prática, em que aprenderíamos por nós mesmos, com desafios reais da Reaprendiz, mas com o apoio de uma comunidade (o círculo!).

Ana Flávia Bernardes, Henrich Voigt, Fernanda Pádua, Amanda Evangelista e Guilherme Gonçalves, muito obrigado por compartilharem essa responsabilidade e energia com a gente.

Mas em especial, preciso celebrar e agradecer principalmente minha mãe! Fernanda Pádua Silva Ferreira. Muito obrigado por colocar tanta energia no meu sonho com a Reaprendiz. Obrigado por todas as conversas, escutas, palpites e vídeos editados. Receber o seu apoio é um privilégio do qual sou MUITO grato. Te amo mãe 👩‍👦 🥰

Encontros do Círculo de Comunicadores ❤️

▹ Ao longo de 2021 foram diversos os momentos em que envolvi minhas comunidades e relações no processo criativo da Reaprendiz.

Comunidade da Enrol Yourself:

  • Entre Março e Setembro eu estava participando da Maratona de Aprendizagem da Enrol Yourself. Uma aceleradora de projetos usando Design Thinking e aprendizagem baseada em projetos;

Palpiteiras criativas:

  • Entre Julho e Agosto eu criei um grupo com amigas maravilhosas para compartilhar avanços e desafios que estava tendo no desenvolvimento do Jogo Reaprendiz (o método escalável), e receber palpites criativos;
Palpiteiras criativas ❤️

Ratinhos da Reaprendiz:

  • Entre Junho e Agosto eu criei um laboratório dentro da Comunidade Reaprendiz para testar os protótipos do Mantra da Autodireção (atuais Jogos Reaprendiz). Uma forma de manter a comunidade conectada e fazendo parte do desenvolvimento dos nossos métodos.
Encontro dos Ratinhos da Reaprendiz ❤️

Muito obrigado Juliana Machado, Júlia Albuquerque, Rebeca Lissa, Fernanda Pádua, Guilherme Gonçalves, Amanda Prímola, Marcele Karasinski, Amanda Costa, Marielle Lage, Ana Marques, Ana Paula Simões, Isadora Martins, Rosangela Ludovico, Caio Simões, Juliana Pitol, Gustafé e Daniela Brito e Janaína Pádua ❤️

▹ Ainda no início de Junho, encerrávamos o Reaprendiz English Pod com um Portal de Entregas.

  • Um evento para desafiar-se a fazer algo que nunca se fez, algo que exigiu de nós dedicação, esmero, direcionamento e capricho ajudou a criar uma bússola de aprendizagem.
  • Também tornou possível às/aos reaprendizes avaliarem o seu próprio processo de aprendizagem a partir de um “produto”. Aumentar a consciência do seu desenvolvimento. E, principalmente: celebrar e se divertir!
  • Tivemos apresentações teatrais baseadas em livros, apresentação de personagens autorais, teorias filosóficas, show musical e muito mais. Tudo em inglês!
1º encontro e 5º encontro do Reaprendiz English Pod

▹ Como produto final do Reaprendiz English Pod, criamos um kit de ferramentas, práticas e princípios para aprender inglês de forma autônoma, lúdica e comunitária.

Qualquer aprendiz ou educador com energia agora pode recriar a mesma experiência e espaço que criamos.

A pedagogia desse modo de aprender línguas que sistematizamos partiu de 2 princípios simples:

  • Desejo: aprender de forma autônoma a partir do que lhe interessa verdadeiramente.
  • Imersão: não estude a língua, interaja com o mundo a partir dela.

Para acessar o relato completo dessa experiência clique aqui. Para acessar o kit de ferramentas clique aqui.

Caixa criativa criada por Tarik Fraig e Luis Sérgio Ferreira

▹ Na segunda-feira do dia 5 de Julho, eu, Gustavo e Ana tivemos mais uma reunião semanal de gestão. Mas particularmente nessa reunião estávamos muito tensos e ansiosos.

Nossa programação para lançar a nova identidade visual, estratégia de vendas e a nova experiência/arquitetura da comunidade estava muito atrasada.

Sentíamos que estávamos sempre postergando os prazos e avançando pouco. Não estávamos atingindo nossas expectativas de tempo e resultado. O que semana após semana foi nos deixando estressados.

Nessa semana eu também tinha acabado de começar meu mochilão, chegando em Florianópolis. Eu estava me acostumando com um lugar e pessoas totalmente novas. Tendo que me virar longe do conforto de casa.

Gustavo e Ana Flávia também estavam passando por uma semana difícil.

O resultado não poderia ser outro, senão ansiedade alta.

Foi nesse instante que nossa cultura de cuidado nos ajudou.

Na gestão (e comunidade) da Reaprendiz temos o hábito de SEMPRE antes de começar uma reunião, compartilhar “como nós estamos, de verdade”. São nesses momentos que escutamos se estamos precisando de cuidado.

E sim! Precisávamos nos cuidar. Não dava pra calar os nervos.

Paramos, respiramos e decidimos fazer algo a respeito. Queríamos olhar para trás. Honrar tudo que havíamos a feito desde janeiro. Como está dando para perceber, era metade do ano mas já existia muito para comemorar.

Abrimos um quadro com post its e escrevemos a pergunta: “o que ou quem você celebra e aprecia nesse 1º semestre da Reaprendiz?”.

Colocamos Dua Lipa para tocar, e em silêncio durante 10 minutos escrevemos.

O final não poderia ser diferente. Um banho de dopamina, serotonina e oxitocina. Pura felicidade!

Se espremesse esse quadro saia suquinho de amor, hehe

▹ Após esse ritual (necessário), voltamos a focar em nossas ações. Havia muito trabalho a ser feito para concluir nossos 9 objetivos da ReFormulação Reaprendiz.

Por exemplo a jornada em busca de um novo posicionamento continuava.

Eram vários os rascunhos para tentar encontrar uma forma de comunicar o que somos, para que, para quem, por que e como fazemos:

Esboços, anotações e processo criativo para criar uma nova comunicação institucional

▹ Também em meados de Julho o Mantra da Autodireção (atuais Jogos Reaprendiz) passavam por modificações.

  • A essência da ideia era uma jornada para adquirir novos hábitos e técnicas dentro das “5 habilidades que a escola deveria ter ensinado”.
  • Uma experiência até então dividida em 3 fases.
  • Reconexão → Autoavaliação → Impulso.
  • Sendo vivenciada entre dois aprendizes para “malharem” juntos esses 5 músculos.

A imagem a seguir era uma representação conceitual da ideia:

Primeiras versões dos Jogos Reaprendiz

▹ 31 de Julho a Reaprendiz chegava ao seu fim. Porque tudo se encerra, inclusive as coisas boas.

▹ Acabou, do jeito que as pessoas conheciam. A Reaprendiz seguia constante, mas mudando a forma como nos mostramos para o mundo!

Em agosto iniciamos um novo ciclo na reaprendiz!

  • Nova identidade visual;
  • Novo formato da comunidade;
  • Novas experiências;

Estávamos lançando nossa nova carinha. Uma identidade criada por nossa designer Mariana Lucchesi.

A primeira referência que foi usada para a construção da nova identidade da reaprendiz é o prisma!

A segunda referência que foi usada para a construção da nova identidade da reaprendiz é a estética da década de 60!

A terceira referência que foi usada para a construção da nova identidade da reaprendiz são os degradês e nuvens de cor.

A nova fonte era atemporal e neutra.

A nova logo representava um prisma e as duas vias para se reconectar com a aprendizagem: de dentro pra fora e de fora pra dentro.

Referências visuais e resultado da nova identidade visual

▹ Dia 19 de Agosto eu e mais 5 jovens líderes tivemos a honra de fazer parte dessa produção incrível dirigida por Patrícia Travassos e Denise Vieira.

Foi entre o lançamento da nova identidade e a comemoração da nova fase que eu tive um convite muito feliz ao ser chamado pela produtora Prosa Press para gravar um documentário sobre educação do futuro no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro.

Lá fui eu, representar a Reaprendiz!

Por trás das câmeras nos Stories da Reaprendiz

▹ Voltando aos trabalhos na Reaprendiz, queríamos comemorar essa nova fase do projeto.

Então decidimos criar 3 oficinas gratuitas com convidados especiais. Nos dias 20 e 27 de Agosto e 3 de Setembro.

  • Carreiras autodirigidas: histórias inspiradoras e dicas poderosas para impulsionar sua vida profissional no século 21
  • Empatia: como se relacionar melhor consigo mesmo e com os outros
  • Como economizar (e ganhar) dinheiro sendo um aprendiz autodirigido?

Foram mais de 120 inscritos nessa sequência de encontros.

Muito obrigado Amanda Costa, Rebeca Lissa, Letícia Santos, Norman Júnior, Juliana Machado e Alex Bretas, por apoiarem a Reaprendiz e fazerem parte desse momento super importante na nossa história!

Essas oficinas foram um sucesso!

▹ No final de Agosto lançamos uma nova proposta de comunicação institucional.

Tentamos trazer um posicionamento mais concreto e utilitário. Nos colocando como uma “comunidade de desenvolvimento pessoal e profissional” através da aprendizagem livre.

  • Mas ainda não estávamos satisfeitos. Esse posicionamento mudaria nos próximos meses.
Novo posicionamento institucional

▹ Dia 4 de Setembro: um dos dias MAIS ESPECIAIS da Reaprendiz. O 1º encontro presencial (de parte) da nossa comunidade!

Após mais de 1 ano e 6 meses de pandemia, nos encontrando apenas online, decidimos reunir a galera que estava em Uberlândia.

Faltam muitas pessoas nesse encontro presencial. Pessoas espalhadas pelo Brasil inteiro. Mas foi um primeiro passo para, quem sabe em 2022, reunirmos todo mundo!

1º encontro presencial da Reaprendiz

▹ Entre os dias 16 e 25 de Setembro acontece o Desafio Reaprendiz.

Era o início da implementação de uma nova estratégia de vendas online, usando a fórmula de lançamento. E também o lançamento do Baralho Reaprendiz, antes chamado de Mantra da Autodireção.

Foi uma experiência de 10 dias para compartilhando como resolver problemas (pessoais ou profissionais), usando a aprendizagem.

Foram mais de 100 pessoas inscritas e cerca de 30 pessoas na abertura síncrona. Um número esperado para quem cria eventos online.

Porém o engajamento no último encontro foi super baixo. Cerca de 5 pessoas estavam no último encontro no domingo.

O que não significou nem longe um “fracasso”. Para aqueles que possuíram disponibilidade para participar das atividades e ler os materiais, apreciaram e agradeceram a qualidade dos materiais e nível de conexão e pertencimento que sentiram ao longo do evento.

Algo que aprendi nessa experiência foi a separar um resultado externo do resultado percebido por mim mesmo. Pois eu poderia ficar chateado por um “baixo engajamento”, supondo que a “minha qualidade era baixa”. Mas não foi o que aconteceu.

Eu estava EXTREMAMENTE feliz e orgulhoso pelo evento que criei. Mas sabia que existiam fatores que haviam afetado o engajamento, como formato do evento, cansaço crônico do século 21 e falta de tempo das pessoas.

Aprendi também que “se você não está conseguindo, não significa que você é incompetente ou não vai conseguir, significa que tem algo que você ainda não sabe” (Davi Rodrigues, amigo e mentor).

Materiais assíncronos do Desafio Reaprendiz

▹ Ao final da experiência, compartilhamos gratuitamente uma degustação do Baralho, que eu estava desenvolvendo durante os últimos meses.

  • 13 cartas com hábitos práticos para impulsionar nossa vida pessoal e profissional;
  • Um método para aprender a criar um projeto de aprendizagem 🤚 e impulsionar sua aprendizagem usando hábitos de aprendizagem 🧠 resumidos em cartas;
  • Cartas super resumidas e direto ao ponto para as pessoas irem direto para a prática;
  • Fizemos a pesquisa, a curadoria e a síntese dos melhores hábitos para que as pessoas focassem em aplicar;

Experiência inspirada no material de aprendizado entre pares da Enrol Yourself, no trabalho de “hábitos de aprendizagem” do Alex Bretas e no baralho de vieses cognitivos da Coglode.

Anúncio da degustação do Baralho / Exemplo de carta com o hábito “segundo cérebro”

▹ Entre 26 de Setembro e 6 de Outubro começaram as vendas! Abrimos o carrinho de lançamento…

Lançando um produto no valor de R$900, em 5 dias apenas 1 venda havia sido feita.

Um fracasso quase total? Talvez… Se não fosse por minha disposição de ir atrás de 60 pessoas individualmente para converter novas vendas.

Aumentei o tempo de carrinho e em 5 dias consegui converter 25 vendas! Um feito inacreditável, do qual sou muito orgulhoso.

Uma semana intensa e RECHEADA de aprendizados na prática sobre vendas, marketing, posicionamento de marca, empatia e comportamento humano.

Mas nada disso teria sido possível se o universo não tivesse me presenteado com uma grande amigo e mentor: Juan Bernabó!

Encontrei esse homem na mesma comunidade que eu estava morando em Floripa, o Rosemary Dream. Esses acasos da vida. As tais “serendipidades”. Descobertas inesperadas feitas, aparentemente, por acaso.

Esse rapaz era especialista em vendas, persuasão e inovação. Mentor de várias startups na última década.

Foram semanas conversando e recebendo “mentorias” no café da manhã, nas pausas do trabalho, nos almoços e nas jantas.

Semanas em que vivi um intensivão de vendas com um GRANDE desafio real: vender a nova experiência da Reaprendiz.

O almoço que marca o início da parceria Luis-Juan em Floripa ❤️ Ao lado das maravilhosas Rafaella Truccollo (irmãzinha de alma) e Fernanda Pádua (mamãe, rsrs)

▹ Final de Setembro e início de Outubro também marca um período de muita turbulência na gestão da Reaprendiz.

O Gustavo estava passando por problemas pessoais, o que acabou resultando no seu afastamento inesperado da Reaprendiz, justamente no período mais importante do ano.

Mas foi apenas uma infelicidade ao longo da caminho essas turbulências pessoais colidirem com um momento profissional importante para nosso empreendimento.

Um mês depois, em Novembro, após ter escolhido se afastar temporariamente da Reaprendiz, o Gustavo veio confirmar sua saída do projeto.

Como bom reaprendiz, disse um “não” mesmo após ter dito um “sim”. Exerceu seu poder de consentimento, escolhendo o que era melhor para ele. Uma atitude celebrada em nossa comunidade.

Assim encerramos um ciclo de parceria profissional muito lindo, pelo qual sou muito grato e feliz de ter vivido.

Gustavo, muitíssimo obrigado por tudo! Celebro todas nossas conquistas juntos até aqui. Sem você, digo com total certeza, a Reaprendiz não estaria onde está hoje. Você foi um dos ombros em que esse projeto se ergueu.

Para onde quer que seus vôos te levem daqui pra frente, sei que será um sucesso! Pois sua capacidade criativa, analítica e crítica são admiráveis.

Saiba que a Reaprendiz sempre estará aqui para ser sua casa, sua família, seu apoio na vida. E eu também! ❤️

Uma amizade e muito amorrrr envolvido, obrigado amigo, te amo! ❤️

▹ Em Novembro eu continuava empenhado em descobrir um posicionamento de marca que fosse simples, compreensível e impactante.

Naquele momento eu entendi que temos um empreendimento que eu chamo de GEIA. As 4 letras que tornam um produto difícil de ser vendido:

  • Genérico (aplica-se em diversos nichos);
  • Emocional (é preciso viver para entender);
  • Inovador (poucas referências de algo parecido);
  • Abstrato (difícil de entender de maneira concreta);

Como espécie, nós não gostamos da incerteza e geralmente nos agarramos a coisas que já conhecemos (viés da aversão ao risco, Barsky et al, 1997).

O que eu compreendi é que “aprendizagem autodirigida” é termo técnico. Compreendido por educadores interessados em inovação, mas difícil de ser usado na comunicação institucional e furar a bolha.

Ainda sim meu objetivo era tornar espalhar aprendizagem autodirigida para mais pessoas.

Por isso tomamos a decisão de não mais usar o termo como nosso cartão de visita. Mas usar como nosso “segredo da coca-cola”. É o método e receita em que nos sustentamos. Usando em momentos específicos, como um termo técnico que explica nosso método pedagógico.

Meu caderno de anotações dessa investigação, aprendendo com o CEP+R

Foi nesse processo de aprendizagem que decidi descobri o método SUCESS, do livro Ideias que colam. Uma forma de tornar qualquer ideia contagiosa. A partir dele comecei a basear toda nossa comunicação. Entenda aqui.

Muito obrigado Blake Boles, Alex Bretas, Davi Rodrigues, Natália Machado, Laila Bom e Juan Bernabó (meu mentor de contágio e inovação).

▹ 28 de Outubro começa a tão esperada nova experiência, arquitetura e método da Comunidade Reaprendiz!

Após meses de trabalho, novas formas de comunicar, protótipos, testes, conversas, mentorias, leituras, reflexões e mais reflexões… Começamos!

Foram 28 reaprendizes que toparam embarcar nessa aventura rumo aos seus sonhos e objetivos de vida.

Durante 13 semanas eles viveriam o método Reaprendiz, baseado em desafio práticos, conexão humana e conteúdos curados (✋ ❤️ 🧠). Impulsionando as 5 habilidades que a escola deveria ter nos ensinado (💛💗💚💙❤️).

Uma jornada para dominar a arte de aprender e ter resultados concretos sobre algo que queríamos aprender ou criar. Descobrindo quem somos, o que gostamos e o que viemos fazer no mundo.

Vivendo e testando a nova versão-protótipo do nosso método escalável, o Jogo Reaprendiz (que hoje está sendo divido em 3 jogos diferentes).

Curiosidade: 95% da Comunidade Reaprendiz é composta por MULHERES, hehe

Nessa nova turma, mais do que nunca, desenvolvi em tempo real o jogo/método, semana após semana.

Algo que aprendi sobre meu processo criativo é que eu PRECISO do compromisso social e feedback constante para criar qualquer coisa mais complexa.

Por isso não me preocupo em ter um “produto pronto” ao vendê-lo. É apenas quando tenho plateia que eu o empurrãozinho mágico para tirar um projeto do papel. Esse é meu segredo!

Fotos do Caderno e Baralho Reaprendiz (versão do final de 2021)

▹ Dia 26 de Novembro começamos um grupo de estudos sobre autoconhecimento com consciência social dentro da comunidade.

Eu comecei a “brincar de professor” e ensinar conteúdos que eu estava descobrindo assistindo cursos e materiais na internet. Mais especificamente o curso (incrível) do Clima Perestroika.

Essa estratégia de aprendizagem que se mostrou extremamente eficiente. Tanto que mais tarde começaria uma “onda de grupos de estudos”, criados não só por mim, mas por outros reaprendizes. Com a mesma finalidade: juntar uma galera e aprender algo “brincando de professor”.

Mais uma vez: mulheres, mulheres e mulheres! Hehe ❤️

▹ Dia 21 de Dezembro, como se tornou costume no final do ano, aconteceu mais um Boteco de Natal 🎄

Reunindo as turmas de 2020 e 2021 no mesmo encontro, criando novos laços e matando a saudade de outros reaprendizes que não víamos há um tempo!

▹ Dia 30 de Dezembro foi dia de presentear os seguidores da Reaprendiz, compartilhando 9 presentes de natal 🎁

Desde 2018 estou fazendo uma pesquisa independente em educação do futuro, comunidades e habilidades comportamentais.

Esses 3 anos de investigação foram suficientes para criar diversos recursos e materiais concretos.

São 9 recursos voltados para o desenvolvimento de habilidades comportamentais, aprendizagem, criação de comunidades, educação, autoconhecimento e muito mais!

Os 9 presentes que você pode acessar aqui

▹ 2022 chega! Momento de celebrar o que foi feito no último ano, aprender com os erros e definir novas intenções para o ano que entra.

Após 2 semanas de pausa e descanso, voltei ao trabalho energizado e cheio de ideias. Meu corpo podia até estar descansando, mas minha mente criativa não parou durante as semanas.

Pensando nas intenções de 2022 para a Reaprendiz, logo em janeiro decidi investir em uma câmera profissional para focar em uma das minhas novas intenções: produzir conteúdo no YouTube e voltar a gravar no TikTok (me afastei completamente da rede em 2021).

Novos clarões sobre nosso posicionamento. Novos clarões para atualizar e melhorar os métodos da reaprendiz. Novos clarões para uma versão 2022 da Comunidade Reaprendiz e futuro do projeto. Novos clarões para nossos conteúdos nas redes sociais…

Ideias e objetivos esses que serão compartilhados em mais detalhes daqui 1 ano, no 3º retrato vivo!

▹ Dia 20 de Janeiro mais um grupo de estudos é criado.

Dessa vez aprendendo e praticando em comunidade sobre produção audiovisual! Como eu disse, estou comprometido em criar um canal no YouTube e voltar para o TikTok.

O maneira base para esse grupo está sendo o curso do Porta dos Fundos, feito em parceira com a Curseria. Em breve também vamos fazer juntos o curso do Casey Neistat, youtuber que sou fã!

Existe maneira melhor de ter compromisso e profundidade em um processo de aprendizagem do que criando um grupo de estudos? Não!

1º encontro do Grupo Luz, Câmera, Ação! / Convite para o grupo

▹ Dia 27 de Janeiro, 1 ano de depois do Portal de 2021, aconteceu mais um Portal de Entregas!

Foram 9 aprendizes em um evento compartilhando publicamente suas entregas, aprendizados e criações.

Mais uma vez um evento celebrativo e apreciativo transbordando nossos processos individuais ao longo do percurso na Comunidade Reaprendiz.

▹ 1º de Fevereiro começamos mais um grupo de estudos. Desta vez facilitado por ninguém mais, ninguém menos do que minha mãe!

Um grupo que ela decidiu criar para colocar em prática sua vontade de aprender sobre facilitação de grupos e design de experiências em comunidade.

Companheiras(os) que ela reuniu para ler e praticar o design de vida. A aplicação do design thinking para “descobrir o que queremos ser quando a gente crescer”.

Orgulho do filho a mãe se jogando para criar um grupo de estudos, hehe❤️

▹ 3 de Fevereiro, quinta-feira, oficialmente o dia em que a Reaprendiz fez seu 2º aniversário 🥳

Para comemorar essa data fizemos um boteco de aniversário pra matar a saudade, ficar papeando e jogando jogos.

Cada dia mais eu percebo como o que estou criando é muito mais do que um projeto pra “transformar a educação”. Estou criando uma família. Estou encontrando o verdadeiro significado da palavra pertencimento.

Pessoas que se importam comigo, compartilham do mesmo sonho que eu e contribuem para torná-lo em realidade.

Até aqui já são 60 reaprendizes dentro da comunidade. Cada um com seus tempos e níveis de dedicação para esse rede. Como deve ser uma comunidade de aprendizagem livre.

Pessoas indo, pessoas vindo, mas sempre que for preciso estaremos aqui para compartilhar medos e sonhos, ter conversas significativas, rir juntos e se importar uns com os outros.

Obrigado a todos, todas e todes que fazem parte disso ❤️

▹ Olhando para trás e dando check ✅ nos nossos 9 objetivos de 2021.

A única intenção que ainda não foi lançada para o público foi o site, que está quase pronto e em breve será lançado.

Nosso método escalável são os Jogos apresentados no início desse texto. O resultado do novo posicionamento você também encontra no início desse texto, nos colocando como um movimento e estilo de vida.

Todas as outras você também encontra nesse relato.

No total foram 9 intenções para 2021. Todas elas concluídas.

  • Nova identidade visual lançada;
  • Novo design da comunidade lançado;
  • Método replicável (Jogo) lançado em versão de protótipo;
  • Nova estratégia de vendas colocada em prática;
  • Novo posicionamento de marca lançado;
  • Personas identificadas;
  • Site (em breve);
  • Ilustrações criadas;
  • Hábito de criar de conteúdo criado;

Assim encerramos nossa retrospectiva e retrato vivo! Com muita dopamina e senso de progresso. Ano após ano se transformando para cada vez impactar mais pessoas com nosso movimento, revolucionar a educação e cultivar conexões de qualidade.

Se você quiser fazer parte do próximo relato vivo, em 2023, junte-se a nós!

Vejo você ano que vem 👋

--

--

Luis Sérgio Ferreira
Reaprendiz

Olá! Sou educador e empreendedor, especialista em aprendizagem, em busca de 1 único objetivo: desenvolver a autoaprendizagem em 100 mil pessoas até 2030