Qual é a nossa Realidade

Assim como Elon Musk nosso famoso inventor, empresário da Tesla e SpaceX , afirma: “Ou vamos criar simulações que são indistintas da realidade, ou a civilização vai deixar de existir”. O que significa isso que a sua e nossa realidade pode se tornar parte de um jogos ou simplesmente podemos deixar de existir como nós conhecemos.

É só olhar no catalogo do Tendências Digitais e ver que você pesquisar a palavra chave realidade vai encontrar ao menos 10 tópicos falando sobre algum tipo. Hyper-Realidade, Realidade Virtual ou Realidade Paralela. Podemos ver que além de ser uma tendência muito forte que não vai deixar de evoluir, ou como Elon Musk citou, que algum evento vai impedir que a nossa realidade seja alcançada ou ultrapassada pelas essas outras realidade. Um evento cataclísmico. Se em algum momento alguma dessas realidade sobrepor a nossa podemos esperar o pior como Leandro Battaglia comenta em seu texto:

“ Mas a tendência que me chamou a atenção no clipe, é a realidade virtual. Cada vez mais estamos focados somente na tela do smartphone, sem noção alguma do que acontece ao nosso redor; agora com a VR, isso só vai piorar gradativamente, não só nos distanciando da realidade à nossa frente, mas agora em 360º.”
Battaglia, Leandro. 2016

Outra pessoa que tambem vê essa preocupação de limitar as fronteira do real e irreal é o Erick Gustavo na sua analise do filme Inception(A Origem) onde ele afirma o seguinte:

Um bom ponto salientado no filme, e que na realidade já foi um alerta de cuidado em algumas matérias sobre realidade virtual é a relação entre real e virtual. Essa preocupação deriva principalmente, pelo medo da possibilidade do usuário perder a noção do mundo real, por ser “real” demais.
Gustavo, Erick

Assim como alguém morrendo no sonho pode ser perde dentro da sua consciência e não saber se está vivendo uma realidade ou apenas um sonho, na animação Sword Art Online, que foi comentada pela Caroline Nohama e Thabata Cardoso. Leva isso a um passo mais perigoso, a morte de alguém dentro do jogo que é o Sword Art Online, acarreta na morte da pessoa na vida real.

O que resta agora é esperar o quão longe esse tipo de tecnologia irá nos levar.

Like what you read? Give Erik Tetsuji Matsugano Kato a round of applause.

From a quick cheer to a standing ovation, clap to show how much you enjoyed this story.