Imagem e semelhança em Robôs

Digitando robô no Google e buscando por imagens, certamente aparecera muitas imagens deles, mas algo que chama a atenção é de que a maioria é humanoide.

Busca realizada em 12/05/2017

Fazendo uma análise em filmes podemos listar muitos robôs humanoides como:

Exterminador do Futuro
O Robô Bicentenario
Eu, Robô
Todos os tipos de Transformers

Entre muitos outros filmes de robô. E no caso de Star Wars e Wall-e, onde alguns robôs não apresentem traços físicos, mas interagem como um ser humano, demostrando emoções.

Variados tipos de tendencias já foram constatadas vindas a partir da analise do meio robótico como: Robôs cuidadores, Robôs domésticos, Integração de Robôs na Sociedade, Comportamentos Robóticos, Robôs familiares — Robôs companhia e Realismo na robótica e inteligência artificial, e todas elas em comum tem um robô com alguma característica humano, seja realmente semelhança de um, ou que apresente personalidades e emoções.

Realizando um estudo mais aprofundado a respeito de tipos de robôs constatamos os seguinte termos: Robô, Ciborgue e Androide onde o site Geek-se descreve melhor:

Um robô dispositivo, ou grupo de dispositivos, eletromecânicos ou biomecânicos capazes realizar trabalhos de maneira autônoma, pré-programada, ou através de controle humano.
Um Ciborgue é um humano formado por partes orgânicas e mecânicas ou eletrônicas.
Androides são robôs na forma humana. Pela composição da palavra: “andro” refere-se a ser humano, enquanto “droide” refere-se a um robô e não tem mais acento. Vale notar que o termo “droid” foi patenteado por George Lucas em 1977, quando surgiram os simpáticos R2-D2 e C-3PO.

Podemos ver uma confusão linguística na hora de referenciar os tipos existentes de robôs, mas não nega a situação de tendermos a criar robôs com características humanas. Na ficção o filme Wall-e, por exemplo, é um robô criado para reciclar o lixo existente no planeta e seu corpo desenvolvido para esta finalidade, mas apresenta características de comportamento humano.

Atualmente temos produtos que tem esta semelhança, uma delas é a Alexia que a semelhança é a forma como interage, similar a um ser humano.

Outra maneira é a forma como nos inspiramos na natureza para projetar novos robôs.

Como criadores de robôs, procuramos desenvolver a partir de nossa imagem se semelhança? Creio que se inspiramos na soluções são vindas da natureza, seguindo o pensamento darwiniano de seleção natural, a soluções geradas pela natureza são milhares de anos de tentativa e erro e melhor adaptadas ao mundo de hoje, e também por outro lado, para não sentirmos as máquinas de certa forma distantes da humanidade, humanizá-los é uma forma de ter maior aceitação do homem.