A nova funcionalidade da Memed: prescrição via aplicativo

Atualmente no Brasil há 220 milhões de smartphones com acesso à web. O número de aparelhos ativos já é maior do que o de pessoas no mundo, o que o torna o principal meio para o uso da internet.

Por minuto, 3,7 milhões de palavras são pesquisadas no Google, 38 milhões de mensagens são enviadas pelo WhatsApp e 187 milhões de e-mails são enviados, somente pelo celular. A cada dia que passa somos munidos de mais facilidades pelo celular e passamos a resolver mais coisas através dele. A cada dia que passa vencemos mais obstáculos do nosso dia-a-dia por meio…


Por: Victória Fernandes

Em torno de 150 milhões de brasileiros que vão ao médico cerca de 86% deles saem com uma receita médica em mãos.

Suscetíveis à ocorrência de dois prováveis cenários, o paciente pode seguir o plano ideal baseado pela realização da compra correta do medicamento e a resolução do problema, englobando em torno de 40% destes pacientes e o segundo não tão ideal que é composto por envolvimento de falhas terapêuticas.

Falhas terapêuticas podem ocorrer de diversas formas e uma delas é a polifarmácia ou polimedicação caracterizada pela associação variada de medicamentos de forma incorreta , o que pode acarretar em possíveis riscos ao paciente.

Ao associar dois ou mais medicamentos, seus efeitos terapêuticos podem ser alterados devido a própria…


Por: Victória Fernandes

Neste mês a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) declarou que os Produtos de Higiene Pessoal, Cosméticos e Perfumes infantis (HPPC) estão oficialmente isentos de registro.

Os HPPC são produtos que em sua constituição possuem substâncias naturais e sintéticas, de uso externo ao corpo, com intuito de limpar, perfumar, alterar a aparência e corrigir odores corporais, mantendo-os em bom estado.

A agência informou que está norma servirá para simplificar a forma como os produtos são regulamentados e alterados de acordo com RDC 7/2015 (ANVISA, 2015) responsável pelo estabelecimento de categorias de itens de HPPC que podem ter…


De acordo com as diretrizes da Sociedade Americana de Doenças Infecciosas de 2006, recomenda-se o tratamento de pacientes com eritema migratório com doxiciclina, amoxicilina ou cefuroxima.

A doxiciclina é geralmente preferida porque também é eficaz contra o A. phagocytophilum, que causa a anaplasmose granulocítica humana. No entanto, a doxiciclina deve ser evitada em mulheres grávidas e crianças < 8 anos de idade (amoxicilina ou cefuroxima são preferidos em tais pacientes).

A doxiciclina deve ser administrada por 10-21 dias; amoxicilina e axetil-cefuroxima devem ser administrados por 14-21 dias, dependendo da resposta à terapia.

Entre os pacientes com doença disseminada precoce, sugere-se…


As reações adversas da amoxicilina estão organizadas segundo frequência e sistemas orgânicos:

  • muito comuns (>1/10)
  • comuns (>1/100 e <1/10)
  • incomuns (>1/1.000 e <1/100)
  • raras (>1/10.000 e <1/1.000)
  • muito raras (<1/10.000)

A maioria dos efeitos colaterais descritos não é exclusividade da amoxicilina, podendo ocorrer com o uso de outras penicilinas. A menos que esteja indicado o contrário, a frequência dos eventos adversos é proveniente de mais de 30 anos de relatos pós-comercialização da droga.

Reações muito comuns (>1/10):

  • diarréia
  • náusea
  • rash cutâneo

Reações incomuns (>1/1.000 e <1/100):

  • vômito
  • urticária
  • prurido

Reações muito raras (<1/10.000):

  • Leucopenia reversível (inclusive neutropenia grave ou agranulocitose)…


Desde jovens quando começamos a nos inserir na vida social, é muito comum ouvirmos as pessoas dizerem que “a primeira impressão é a que fica” e que é importante cuidar bem da nossa imagem pessoal. De fato, a apresentação pessoal é um ponto chave para o início de qualquer relacionamento, pois é a partir desse primeiro contato que começamos a mostrar algumas características da nossa personalidade e procuramos algo em comum com as outras pessoas a fim de causar empatia. …


Não é difícil ver em farmácias profissionais da área tendo dúvidas sobre a letra que se encontra na prescrição do médico, ou então um paciente sem conseguir identificar qual é o composto de determinado medicamento. Os erros na prescrição, entretanto, são potencialmente fatais, e por isso, é de grande importância que os profissionais saibam não apenas quais são suas consequências, mas principalmente como evitá-los. E para te falar mais sobre isso, listamos no post de hoje como você pode deixar a sua prescrição livre de equívocos, cumprindo bem sua função de receitar o que seu paciente precisa. Acompanhe a seguir!

O que caracteriza um erro na prescrição?


Quando um profissional da saúde decide montar um consultório, as primeiras coisas que ele leva em consideração é o aluguel do espaço físico, a compra de equipamentos e qual a melhor forma de atrair pacientes. Pouquíssimos se lembram de que seu consultório é uma pequena empresa e que existe enorme necessidade de um cuidado adequado com as finanças do estabelecimento.

E fazer um fluxo de caixa é a maneira mais simples e adequada para saber de onde vem e para onde vai seu dinheiro. E para falar mais sobre essa prática e te contar qual a melhor forma de fazê-la…


O diferencial competitivo pode ser definido como o conjunto de características que diferenciam um estabelecimento de seus principais concorrentes. No caso das clínicas, em geral, as pessoas têm a visão de que todas elas oferecem os mesmos serviços e da mesma forma. A diferenciação no caso desses ambientes comerciais não é um processo fácil, já que a maioria tem acesso aos mesmos equipamentos e oferece as mesmas técnicas. Então, será que é possível fazer diferente? Para te provar que sim, te contaremos no post de hoje 5 dicas que potencializarão o diferencial competitivo de sua clínica. Acompanhe a seguir!

Fidelize seus pacientes

Um…


Com certeza já nos deparamos com a situação de um medicamento prescrito não ser encontrado por mais de um paciente e, seu tratamento atrasa até que o médico decida por outra marca ou, em alguns casos, outra droga.

Casos assim geralmente caracterizam quadros de descontinuação pelos laboratórios que fabricam ou importam determinado medicamento.

Um medicamento é descontinuado quando o fabricante decide interromper sua comercialização, seja ela por prazo indeterminado ou definitivamente. Isso acontece devido a quatro motivos principais, segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Os motivos são: motivação comercial, parque fabril, processo de fabricação ou princípio ativo.

Se…

Memed

A Memed é um serviço de prescrição digital, disponível para médicos, que possibilita ao usuário realizar prescrições de forma segura e com agilidade.

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store